Ads 468x60px

Chapter #085 - Tom and Jerry


Capítulo 85 da saga Mario Verde e o jogo de hoje é meio infantil, porém bastante nostálgico, estou falando de Tom and Jerry! Lançado em 1993 para Super Nintendo, game com uma jogabilidade mediana, trilhas sonoras medianas e gráficos medianos, olhando assim é um jogo bem mediocre, então porque falar dele? Óbvio, quem aqui nunca assistia Tom and Jerry quando criança, na época esse game era super divertido simplesmente por este fato, mas o jogo também não é uma desgraça, possui seus pontos fortes também.


A história do game é bem simples, Jerry passa por uma espécie de filme, aonde em cada cena você jogaria em uma fase, o que não faz muito sentido se parar pra analisar, mas tudo bem, são poucas as fases presentes no game, fases como cinema, dentro de uma filmadora, em uma construção, em um prédio, entre outras, o game seria bem curto se não fosse tão difícil! Mas ele é difícil não por ter um bom desafio, mas sim pela jogabilidade ser bem ruinzinha, isso deixa o game mais difícil. Durante algumas partes do jogo, você enfrenta o gato Tom, que vai desafiá-lo das mais inusitadas maneiras possíveis, operando máquinas pesadas entre outras coisas.

No game você joga com Jerry, o ratinho bem conhecido da galera, porém o game também conta com o modo multiplayer, aonde o player 2 controla Nibbles, o sobrinho de Jerry, a maior característica dele é por ele ainda usar fraldas!

No jogo você enfrenta todo tipo de inimigos, desde baratas, mosquitos, até mesmo aliens e Frankensteins,  você recolhe umas bolinhas verdes durante o jogo, que eu não tenho certeza do que realmente são, mas pra mim sempre achei que era veneno de rato hahaha, então você recolhe essas bolinhas e as utiliza como armas, Jerry então arremessa as bolinhas contra seus inimigos. Outra coisa presente no jogo são os queijos, que servem como qualquer jogo de plataforma, ao arrecadar 100 queijinhos você ganha uma vida.


A jogabilidade é bem fraquinha, os personagens não andam muito rápido e não tem um botão pra correr, o que pode ser um saco, tem o botão de pular, e os outros botões servem pra arremessar as bolinhas verdes, ou seja, os comandos são bem simples, mas devido ao fato dos ratinhos serem bem lentos, você pode ter alguns problemas na hora de passar pelos inimigos, principalmente se você estiver sem as suas bolinhas verdes e precisar desviar deles.

A parte gráfica do jogo é boa, bem interessante os detalhes nos objetos e personagens, seria tudo muito bonito se os produtores não tivessem escolhido cores extremamente brilhantes, chega a doer os olhos em algumas partes do jogo, da a impressão que o jogo foi pintado no Paint hahaha.

A parte sonora do jogo é bem irritante, efeitos sonoros bem fracos, algumas vezes soam como você arranhando o quadro da escola com suas unhas... as músicas até que são boas, animadinhas, porém nada espetacular.


Para crianças, ou aqueles viciados em games de plataforma, Tom and Jerry pode ser uma boa escolha, o game tem alguns desafios específicos, porém o game é muito repetitivo e acaba sendo enjoativo depois de algum tempo de jogo, mas até que da pra passar algumas horinhas lá brincando.

O jogo em si, demora na faixa de 1 hora pra ser zerado, e não tem muito fator de replay, ou seja, se você conseguir fechar o game, provavelmente não terá vontade de jogar novamente. Resumindo, Tom and Jerry é um bom game para crianças e iniciantes, mas se você gosta de emoções e bons desafios, então se afaste dessa bomba hahahaha.

Eu levei sorte, ou azar, que este game veio em uma daquelas fitas especiais com muitos games, senão provavelmente eu nunca teria conhecido o game. Confesso que não tive paciência pra chegar até o final do jogo.

Confira agora o gameplay do jogo:


E é isso aí pessoal, esse foi capítulo de número 85 da saga Mario Verde, falamos sobre Tom and Jerry de Super Nintendo! Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!