Ads 468x60px

Chapter #071 - Splatterhouse


Capítulo 71 da saga Mario Verde e hoje falaremos sobre um dos clássicos do Arcade, com um dos primeiros e mais consagrados títulos de Terror no mundo dos games, Splatterhouse da Namco, lançado para os Arcades em 1988 possuía uma trama fantástica, gráficos espetaculares e uma trilha sonora sinistra.


A história do jogo é a seguinte, dois estudantes Rick Taylor e Jennifer Willis foram se refugiar de uma tempestade em uma enorme casa, a West Mansion, mais conhecida como Spatterhouse pelos rumores de acontecimentos bizarros dentro da mansão. Dentro da mansão os dois são atacados por criaturas demoníacas que arrastam Jennifer pra outro cômodo e ferem Rick mortalmente.

Rick acorda em um calabouço e descobre que ainda está vivo graças a influencia de uma máscara do Terror, semelhante a uma máscara de hóquei. A máscara então se funde com Rick o transformando em um monstro com força sobre humana. (Ele realmente fica muito parecido com Jason Vorhess dos filmes Friday 13). Agindo por vontade da máscara, Rick explora a mansão e mata dezenas de monstros, Rick então encontra Jennifer, mas já era tarde demais, ela se transforma em um monstro gigante e ataca Rick, que é obrigado a matar a garota, Jennifer ainda agradece Rick antes de morrer.

Enfurecido, Rick mata todos os monstros que estão em sua volta e entra em um buraco cheio de sangue, ao entrar ele descobre que a mansão está viva, então Rick destrói a casa. Com a casa em chamas, Rick consegue escapar mais depara-se com sua máscara produzindo uma estranha energia que é enviada a uma sepultura que havia do lado da mansão, revivendo um monstro dos infernos muito poderoso.


O game é estilo beat 'em up aonde você controla Rick e tem que ir detonando com todos os monstros que aparecem pela frente, além de golpes físicos também é possível encontrar armas brancas, pedaços de pau, além de armas de fogo dentro da mansão, o que ajuda bastante devido a grande quantia de monstros. O game também conta com alguns chefes macabros que podem causar alguns problemas a jogadores iniciantes, além do chefe final que se parece bastante com o cara do Massacre da Serra Elétrica.

O game original foi alvo de vários protestos por exibir uma enorme quantia de violência extrema, com sangue e tudo mais. E nas várias portabilidades do jogo, foram feitas modificações para deixar o game menos violento. Até a máscara do personagem sofreu várias modificações. Falando na máscara, ela é um artefato antigo de origem desconhecida, possui vida própria e se manifesta quando unida a outro ser. Ela também possui consciência e seduz seus hospedeiros por meio de telepatia.

A harmonia entre os gráficos e os efeitos sonoros em Splatterhouse são perfeitos, os gráficos são repletos de temas bizarros e muito ricos em detalhes, alguns desses detalhes podem dar alguns sustos nos jogadores. A trilha sonora cheia de suspense e gemidos, risadas e gritos de monstros deixam o clima super aterrorizante, deixando os gamers arrepiados, tudo muito espetacular levando em conta a idade do jogo.


O game possui uma dificuldade acima da média, fazendo com que o jogador tenha que ter reflexos rápidos para sair de algumas situações de perigo. Além disso o game pode ser considerado um dos mais bizarros games já lançados, a enorme carnificina no jogo chega a ser um exagero, tanto que foi o primeiro game a receber censura, iniciando-se assim a 'faixa etária' nos games.

Confira agora o gameplay desse clássico do terror:


E é isso aí pessoal, esse foi capítulo de número 71 da saga Mario Verde, falamos sobre Splatterhouse de Arcade! Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!