Ads 468x60px

Chapter #008 - Revolution X


Oitavo capítulo da saga Mario Verde vamos falar sobre um dos jogos mais trashs que eu já joguei, é incrivelmente tosco, mas pelo fato de ser um jogo do Aerosmith até vale a pena conhecer hahaha. O nome do jogo é Revolution X, foi lançado para Arcade em 1994, e posteriormente para vários consoles. O game é um shooter em primeira pessoa, aonde você só controla um alvo, podendo atirar com armas, ou atirar uns discos de vinil doidos. Vamos ao bom do jogo, a trilha sonora:



A trama do jogo é a seguinte, a banda Aerosmith estava se apresentando no Club X, no meio da apresentação um grupo de forças militares que queriam governar o mundo, e estavam proibindo todo tipo de entretenimento, aparecem e sequestram a banda. Agora, é dever seu, o simples mortal que estava assistindo ao show, viajar pelo mundo detonando as forças do mal e espalhando catchup por todo canto para salvar seus ídolos. Após derrotar os soldados que estão no Club X, o jogador parte para o camarim da banda, aonde Steven Tyler aparece na televisão, fala conosco e joga as chaves da sua Lamborghini para nós podermos viajar.


O jogador passa por diversos lugares como a selva, o oriente médio entre outros locais non sense, quando você mata um inimigo, ele meio que explode e voa sangue por todo lado, que mais parece catchup. Os 5 membros da banda estão escondido em locais diferentes, e todos devem ser salvos. Ao final do jogo você chega ao Estádio de Wembley para enfrentar o líder da organização e salvar a banda. O jogo é tão ruim que chega a ser difícil comentar sobre ele, as duas únicas coisas que salvam o jogo são: as mulheres, que estão por toda parte de biquine, dançando, ou trabalhando na enxada, e a trilha sonora, composta de músicas do Aerosmith trazendo alegria alegria para nós.



Por ser um jogo totalmente trash, certamente todas as cenas são bem trashs, mas uma que sempre me chamou atenção foi o guitarrista Joe Perry voando com sua guitarra kkk hilário.


Mas chega de papo furado, esse jogo é uma bosta mesmo, confira o gameplay dele e delicíe-se com esta obra de arte produzida pela Midway:



E é isso aí pessoal, esse foi o oitavo capítulo da saga Mario Verde, falamos sobre o game trash de Arcade, Revolution X! Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!