Ads 468x60px

Chapter #048 - Castlevania


Mais um capítulo da saga Mario Verde, e o game de hoje é o clássico Castlevania de Nintendinho, lançado em meados de 1987, foi portado de um sistema ainda mais antigo, Castlevania é uma das mais consagradas séries de vídeo game, tanto que até nos sistemas atuais existem games da série. Os gráficos desse game eram lindos demais, principalmente os cenários, muito bem trabalhados, a jogabilidade meio lenta porém não estraga em nada a beleza do game, e por fim a trilha sonora que é perfeita, fico imaginando como que esses asiáticos eram capazes de criar músicas tão belas em um sistema tão limitado que era esse de 8 bits, mas a respósta até que é óbvia... são asiáticos!



A  história do game é bem original e bem interessante também, desde tempos antigos a família Belmont é conhecida e temida por serem exímios caçadores de vampiros, quando em 1691 no leste da Europa Conde Drácula desperta de seu sono, já com seus planos maléficos de aplicar o golpe final na humanidade e mergulhar o mundo em uma eterna escuridão. Simon Belmont, que é o Belmont da época havia sido treinado pelos então mais fodásticos caçadores de vampiros de seus antepassados, e percebendo o despertar de Drácula partiu logo para o castelo do mal para enfrentá-lo.

Simon Belmont utiliza como arma principal um chicote "Vampire Killer", bem original um personagem principal de um game utilizar um chicote, a princípio não consigo me lembrar de outro. Enfim, o chicote master fucker é uma arma muito poderosa capaz de enfrentar as piores criaturas malignas.

Já no castelo do mal, Simon tem que passar por 6 fases diferentes e desafiadoras, enfrentando criaturas da literatura, como morcegos, medusas, Frankenstein, a morte, entre outras. As fases são cheias de penhascos com mortes imediatas, escadarias, e inimigos espalhados por todos os cantos. Além do chicote, Simon também pode utilizar armas secundárias, que são encontradas no decorrer do jogo, até água benta é utilizada como arma! Ao final de cada fase, Simon Belmont tem que enfrentar um chefe poderoso, e após as 6 fases ele se encontra com Conde Drácula, e iniciam um combate dramático em um duelo até a morte.



A jogabilidade em sí, é típica de plataforma, porém um fato curioso é de que Simon Belmont é bem lento, talvez por ele ser fodão, ou por sua armadura ser pesada, não sei, mas ele vai caminhando calmamente durante os cenários enfrentando os inimigos. Simon também pode quebrar partes do cenário com seu chicote, adquirindo itens que o auxiliam na sua jornada.

Apesar de ser um jogo curto com apenas 6 fases, Castlevania é bem desafiador, até o jogador se acostumar, pode sofrer bastante com a sua jogabilidade diferenciada, a alta quantidade de inimigos e buracos também são uma dificuldade, e o fato de a arma principal ser um chicote, até acostumar também pode ser um problema, mas o game também não é nada impossível, até eu já zerei hahaha.

Os gráficos são surpreendentes e um dos mais bonitos da geração, cenários sombrios e bem detalhados, e os sprites dos inimigos e do próprio Simon são bem trabalhados. Quanto as armas secundárias que eu já mencionei anteriormente, Simon pode utilizar adagas, machados, um cronômetro do tempo, água benta de bumerangues, cada qual com suas diferenças e vantagens sobre determinados inimigos. Mas o bom mesmo é sentar o chicote no lombo dos monstros.

Castlevania foi um jogo de tanto sucesso, que obteve várias sequencias, cada qual com suas histórias, porém sempre mantendo o foco, além das sequencias também foram criados vários Remakes dos jogos mais antigos, agradando aos fãs clássicos da série, e até mesmo os novatos que puderam conhecer sobre o game em gerações mais atuais de consoles. Confira agora o gameplay dessa clássica obra de arte:


E é isso aí pessoal, esse foi o capítulo 48 da saga Mario Verde, falamos sobre Castlevania de Nintendinho! Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!