Ads 468x60px

Chapter #117 - Sunset Riders


Nome do jogo: Sunset Riders
Desenvolvedora: Konami
Gênero(s): Ação
Modos de jogo: Single Player, Multiplayer
Ano de lançamento: 1993
Plataformas: Super Nintendo, Arcade, Mega Drive

Capítulo 117 da saga Mario Verde, e o capítulo de hoje falaremos sobre um game de bang bang! Isso mesmo, que saudade dos tempos do velho oeste, era épico. O game se chama Sunset Riders, gráficos super coloridos e uma trilha sonora de arrepiar fizeram desse jogo um sucesso na época.



ENREDO:

A história desse jogo de faroeste é bastante simples, 4 mercenários, caçadores de recompensas percorrem os quatro cantos do Velho Oeste dos Estados Unidos a procura dos bandidos mais temíveis da época. Em cada fase do jogo, aparece o famoso cartaz de procurado, com a foto do bandido e sua recompensa, vivo ou morto.

Na introdução do jogo, composta por uma musica fodastica de velho oeste, é mostrado os personagens principais em ação, cada qual com suas características próprias:

Steve: É loiro dos olhos azuis, usa chapéu e botas rosas, com uma camisa amarela. Steve é o típico galã da época. Usa revolveres como arma, com tiros rápidos porém cobrem uma pequena área.

Billy: Loiro dos olhos azuis com um nariz pontudo. Usa uma roupa azul. Assim como Steve, Billy também usa revolveres.

Bob: Bob também é loiro, pra variar kkkk. Longos cabelos e olhos azuis também, usa roupas verdes. Utiliza espingardas como arma, com tiros bem mais lentos que os revolveres, porém cobrem uma área bem maior.

Cormano: É o barbado do grupo, cabelos escuros e olhos tom violeta. Usa roupas vermelhas com detalhes em rosa. Assim como Bob, Cormano também utiliza espingardas. Ele é o único mexicano do grupo, logicamente ele usa um sombreiro.

Cada fase do jogo tem um chefão, no caso o vilão fora-da-lei procurado, o game conta com 8 fases bem variadas, desde andar a pé, andar a cavalo, dentro do bar e até mesmo a bordo de um trem.


JOGABILIDADE:

A jogabilidade em si, lembra muito o jogo Contra, com tiros praticamente infinitos. A movimentação dos personagens lembra um pouco os games beat 'em up, podendo se mover livremente pelo cenário.

Os comandos também são super simples, além de atirar claro, você pode pular, ir para os lados e dar uma espécie de rasteira, bem útil pra desviar de alguns tiros. Uma parte interessante do jogo, é que não são só bandidos que matam você, mas também os tradicionais touros podem acabar te acertando!

Dentre os inimigos comuns, apenas um tiro é o suficiente para derrubá-los, assim como eles, você também cai se levar um único tiro, felizmente existem inúmeras vidas. Já os chefes de cada fase, são quase imortais, é necessário dar muitos e muitos tiros para matá-los, mas também, se não fosse assim não teria graça né?



GRÁFICOS:

Por ser um game bem antigo, um dos primeiros do Super Nintendo, ele não conta lá com os melhores gráficos da série. Porém seu jogo de cores é muito bom, os efeitos de sombras e os detalhes do game são ricos. Apenas os backgrounds que poderiam ser um pouco melhores.

Quanto aos personagens, não temos o que reclamar, todos possuem suas características próprias, e bastante detalhes que diferenciam um do outro muito bem. Os chefes também tem visuais bacanas. Bom, como todo mundo já esta cansado de saber, a política de games do Super Nintendo praticamente não permitia sangue, exceto no Mortal Kombat que eu me lembre, portanto faltou umas gotas de sangue para melhorar o game :P


TRILHA SONORA E EFEITOS SONOROS:

Você clicou nos players aí em cima né? Se não clicou vai clicar agora! As músicas do jogo são fantásticas, dão uma emoção bem maior no game. Além claro de todas se remeterem ao ambiente do faroeste.

Quanto aos efeitos sonoros, também estão todos muito bons, com destaque para a voz dos personagens, algo raro em um Super Nintendo.


MODOS DE JOGO:

Bom, o game conta somente com dois modos, o Single Player e o multiplayer, que são exatamente iguais, porém claro, o multiplayer é bem mais divertido pois você joga com seu melhor amigo ali e vai poder dar muitas risadas. Isso é algo que eu sinto bastante falta hoje em dia, praticamente você só joga online quando vai jogar com outra pessoa, era bem mais legal nessa época onde seu amigo ia na sua casa pra jogar Super Nintendo com você.


DICAS:

Seleção de fases e Sound Test
Na tela de escolha do personagem aperte rapidamente: L, L, L, L, L, R, R, R, R, R. Escolha um personagem e pronto, estará tudo liberado.

Vidas extras e Continues extras
Na tela do menu principal aperte rapidamente: R, L, R, L, R, L, A, R, L, R, L, R, L, Y. Após isso entre no menu das opções, e estará disponível as vidas e continues extras.

Utilizar o mesmo personagem no multiplayer
Comece o jogo normalmente no controle 1, perca e quando aparecer a mensagem 'Continue', aperte Start no controle 2 e selecione o mesmo personagem que o jogador 1 estava usando, depois é só apertar Start no controle 1 e os dois estarão usando o mesmo personagem. (tosco bagarai)


AVALIAÇÃO MARIO VERDE GAMES

Confira agora a avaliação Mario Verde Games sobre o jogo:



CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Prós: O game é muito divertido e repleto de ação, sua trilha sonora é uma das melhores e o ambiente velho oeste me agrada muito.

Contras: O game é muito curto, da pra zerá-lo facilmente com uma meia hora de jogatina.


RESUMINDO:

Sunset Riders é um ótimo game, eu particularmente adoro. Uma curiosidade é que em suas versões de Super Nintendo e Mega Drive, no modo multiplayer só é possível jogar em duas pessoas. Já na versão Arcade, em alguns fliperamas específicos, era possível jogar em 4 pessoas! Enfim, se você ainda não jogou, e está a procura de um game antigo para matar saudade, Sunset Riders é uma ótima opção.



GAMEPLAY:


E é isso aí pessoal, esse foi o capítulo de número 117 da saga Mario Verde, falamos sobre Sunset Riders de Super Nintendo! Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!